Sinagoga

A presença de uma Sinagoga comprova a existência de uma comunidade judaica viva, numerosa e ativa. Em Belmonte, uma comunidade de judeus está referenciada desde o século XIII, testemunhada pelo encontrar de uma epígrafe pertencente a uma primitiva Sinagoga, a qual apresenta a data de 1297, mas a presença de judeus na vila não foi um incidente isolado, tendo-se conhecimento da existência de outras judiarias nas cidades, vilas e aldeias da região. O numero de judeus foi posteriormente aumentado com o Édito de expulsão de Espanha.

Com a expulsão de judeus decretada por D. Manuel, posteriormente, a instauração da Inquisição, muitos judeus abandonaram a vila, os que ficaram professavam a sua religião em segredo.

Atualmente, a Comunidade Judaica de Belmonte cuja constituição legal teve lugar em 1988, tem uma Sinagoga nova e um cemitério próprio. A sinagoga foi inaugurada em 1996, encontrando-se orientada para Jerusalém e tem o nome de Bet Heliahu, em homenagem ao judeu benemérito que ordenou a sua construção.